GAUCHA ZH – Giane Guerra: Evento reunirá empresas com 2,5 mil vagas de emprego no RS para quem tem mais de 50 anos

Falta de vagas de emprego para pessoas com mais de 50 anos é uma reclamação frequente dos leitores da coluna Acerto de Contas. Pesquisa recente divulgada aqui mostrou que 25% dos moradores da região Sul pretendem ter o trabalho como fonte de renda na aposentadoria. No entanto, só 4% conseguem isso. O mercado de trabalho é difícil para pessoas mais velhas e por diversos motivos, da remuneração até o próprio preconceito.

Pensando nisso, a Associação Nacional de Aposentados e Pensionistas da Previdência Social (ANAPPS) está intensificando ações para colocar as pessoas mais velhas no mercado de trabalho. Uma delas é a realização de um evento no dia 14 de março. Será às 15h, na Rua dos Andradas, 1512, no centro de Porto Alegre. Segundo a diretora da entidade Sandra Ramalho, os departamentos de recursos humanos de 12 empresas já confirmaram presença para selecionar trabalhadores para vagas. Entre elas, a executiva destaca Zaffari, Panvel, Lojas Renner e Lojas Colombo, além de uma equipe do Sine.

O encontro também será usado para lançamento da parceria com a plataforma MaturiJobs 50+, que pretende atuar com força no Rio Grande do Sul. A ideia é oferecer já no local 2,5 mil vagas de emprego, antecipou a diretora ao programa Acerto de Contas (domingos, às 6h, na Rádio Gaúcha). A MaturiJobs chega agora a Porto Alegre, mas já tem mais de 80 mil cadastros e é usada por centenas de organizações. Entre as atividades, estão publicar vagas, recrutamento em escala, consultar bancos de dados, seleção e consultoria.

— Para concorrer a uma vaga na plataforma, não tem custo algum. A pessoa cadastra o currículo ou se candidata à vaga publicada – garante a diretora da ANAPPS.

Empresas ainda podem se inscrever para oferecerem suas vagas de emprego no workshop “Encontro de Oportunidades.” O evento será aberto ao público. Informações pelo telefone 51.30240202.

Porto Alegre

Em Porto Alegre, o vereador Alvoni Medina (PRB) protocolou um projeto de lei que determinava que empresas privadas com mais de 100 funcionários reservassem 2%, no mínimo, de vagas de emprego para idosos. Com o trâmite, virou programa de incentivo e não obrigatoriedade. O projeto foi aprovado, mas a Prefeitura de Porto Alegre vetou alegando inconstitucionalidade. O texto voltou para a Câmara de Vereadores.

 

fonte : https://gauchazh.clicrbs.com.br/colunistas/giane-guerra/noticia/2019/03/evento-reunira-empresas-com-25-mil-vagas-de-emprego-no-rs-para-quem-tem-mais-de-50-anos-cjsvzv41j00gr01ujmvm3tzmz.html?fbclid=IwAR3yklBLQS4P59FPawUAJWEdogNTb69jbCHOddsA6QPCnP7JHVvmajFlvmY

 

Comments are disabled.